15 de jul de 2011

No claudiohumberto.com.br

ANTAQ APROVEITA CRISES PARA FORÇAR “PRIVATIZAÇÃO”
Fernando Fialho, diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), aproveitou as crises políticas envolvendo os ex-ministros Antonio Palocci e Alfredo Nascimento para tentar emplacar – em longo ofício ao Tribunal de Contas da União – o entendimento de empresas como a empreiteira Odebrecht, favorável à privatização branca dos portos no País, em posição oposta a do governo Dilma.

NOVO MARCO
Ainda ministro, Antonio Palocci informou ao TCU que o governo apenas estuda um novo marco regulatório para o setor portuário.

MUITO SUSPEITO
O Sindicato dos Operadores Portuários da Bahia também fez ao TCU grave denúncia sobre o favorecimento da Antaq a grupos privados.

OUTRA DA ANTAQ
A denúncia: a Antaq cobra R$ 6,90 dos portos públicos por tonelada de carga movimentada e só R$ 0,36 dos privativos, em prejuízo do Erário.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!