23 de abr de 2011

Casa Fanti_ashanti corre risco de desmoronar

    Um dos mais tradicionais e importantes terreiros de cultos-afros do país, a Casa Fanti-Ashanti, no Cruzeiro do Anil, corre o risco de desmoronamento. As fortes chuvas que têm caído em São Luís comprometeram a estrutura do principal salão do templo, que agora está prestes a ser engolido por uma enorme cratera que se abriu com a enxurrada em um terreno ao lado da Casa.
    O líder da Casa, Talabyan Euclides Menezes Ferreira, está apreensivo com a gravidade da situação e faz um apelo às autoridades para evitar que o pior aconteça. “No ano passado o pessoal do Governo (do Estado) chegou a fazer uma obra aqui para conter a erosão, mas a chuva destruiu tudo e ficou pior ainda. Estou muito preocupado, pois não temos como resolver o problema”.
    Com 53 anos de existência a Casa Fanti-Ashanti é uma importante organização religiosa de matriz africana. Seus adeptos dedicam-se ao culto de orixás, voduns, caboclos e gentis. O Babalorixá “Pai” Euclides é um grande fomentador da cultura afro-maranhense, autor de diversas produções artísticas, pesquisas científicas, edições de diversos livros e tem diversas premiações.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!