23 de mai de 2011

Diário da Assembleia corta parte do bate-boca entre os deputados Bira do Pindaré e Manoel Ribeiro

    Parte do bate-bota entre os deputados Bira do Pindaré (PT) e Manoel Ribeiro (PTB) na sessão ordinária desta quarta-feira, 18, foi suprimida da taquigrafia da Assembleia Legislativa do Maranhão. Por sua vez, não consta no Diário da Assembleia Nº 70, colocado somente nesta segunda-feira, 23, no portal do legislativo estadual.
    Consequentemente não consta no resumo da ata da 50ª sxessão ordinária da décima sétima legislatura as ameaças feitas pelo deputado estadual Manoel Ribeiro ao deputado petista.
    No calor do debate Ribeiro insinuou ameaças físicas à Pindaré que revidou verbalmente ainda na tribuna. O deputado Manoel Ribeiro, líder do governo no legislativo, chegou a se referir à compleição física do deputado petista. Foi o próprio líder que pediu que a discussão de baixo nível constasse na taquigrafia, com objetivo de levar Pindaré à comissão de ética por ter chamado o deputado Magno Bacelar (PMDB), pivô do embate entre os deputados, de "cão de guarda".
    Bacelar tem se notabilizado pela defesa encolerizada do governo Roseana Sarney. Manoel Ribeiro, também colérico, como líder do governo.
Confira abaixo o bate-boca dos deputados registrado no Diário da Assembleia:
DEPUTADO BIRA DO PINDARÉ - V. Ex.ª escolheu ser um cão de guarda do Governo do Estado, é sua opção, eu tenho que respeitar, mas V. Ex.ª tem que respeitar também a nossa opção, de defender o povo do Estado do Maranhão. E é o que eu estou tentando fazer aqui, humildemente, e sempre procurando fundamentar. Trouxe os números, que não é matemática não, são números oficiais que fundamentam aquilo que eu estou dizendo, que se eu não trouxesse, aí sim, eu estaria sendo aqui irresponsável, de forma que...
DEPUTADO MANOEL RIBEIRO - Senhor Presidente, eu gostaria que o orador respeitasse o deputado, chamando de “cão de guarda”, que é isso Deputado? Depois V. Ex.ª diz que não disse, eu estou escutando deputado, isso é falta de respeito.
DEPUTADO BIRA DO PINDARÉNão, é a forma...
DEPUTADO MANOEL RIBEIRO – Não é forma não, é falta de respeito. Eu não aceito isso deputado. V. Ex.ª vai fazer isso com um deputado que lhe tratou bem no discurso dele. V. Ex.ª fazer isso? Não. Eu gostaria Senhor Presidente, que mandasse retirar da taquigrafia e pedisse ao orador que respeitasse os colegas.
DEPUTADO BIRA DO PINDARÉE eu também peço respeito. Porque ele disse, por exemplo, que sou “tucano”, que eu sou do PSDB, aí então, se equivocou. Se ele quer ser tratado com respeito que respeite as pessoas.
DEPUTADO MANOEL RIBEIRO – Ser do PSDB é insulto?
DEPUTADO BIRA DO PINDARÉ - Não, na minha opinião há uma distorção.
DEPUTADO MANOEL RIBEIRO – Agora “cão de guarda” deputado, que isso ontem V. Ex.ª insultou o Judiciário chamou de porcaria, que isso deputado?
DEPUTADO BIRA DO PINDARÉVeja bem, há uma distorção na informação que não é devida, e todos nós sabemos das nossas ligações partidárias, dos nossos compromissos políticos, da nossa linha política. Então, não venha aqui querer distorcer a conduta...
DEPUTADO MANOEL RIBEIROV. Ex. se nós formos discutir ética....Presidente, ele está ocupando o tempo que é do Bloco do Governo
........................................................................

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!