26 de abr de 2011

São Luís tem quarto maior número de fotossensores e terceiro maior volume de multas de trânsito do NE

Barreiras: velocidade de 40km/h rendeu mais de 100 mil multas
    São Luís é a quarta capital do Nordeste com maior número de fotossensores, equipamentos eletrônicos utilizados para flagrar infrações no trânsito. No ranking do recolhimento de multas, porém, ocupa a terceira posição entre as nove capitais nordestinas, já que Aracaju (SE) com 100 equipamentos instalados não recolhe recursos ao erário municipal através desse meio. Em João Pessoa (PB) o sistema ainda não funciona a ponto de fornecer dados.
    Na capital maranhense são 67 equipamentos instalados, superada de longe por Fortaleza (CE), com 248 aparelhos, Aracaju(SE) com 100, e Salvador (BA) com 96. Os fotossensores são eficientes em flagrar infrações por excesso de velocidade.
    Em consequência do elevado número de equipamentos há crescimento no recolhimento de multas. No ano passado graças às geringonças, foram expedidas 103.789 multas pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, uma média de dez mil por mês.
    Com excessão dos controladores de velocidades instalados nas avenidas dos franceses e Santos Dumont, quase todos equipamentos são herança bendita do ex-prefeito de São Luís Tadeu Palácio ao prefeito João Castelo (PSDB).
    Em 2009, no primeiro ano da gestão do tucano foi elevada a velocidade máxima permitida, de 30 para 40 km/h, e canceladas 24 multas, por um erro na emissão e envio das multas. A SMTT, na gestão do pedetista Clodomir Paz não tem na ponta do lápis o número de multas expedidas no primeiro trimestre deste ano.
    Apesar do número elevado, alguns condutores de veículos acham que o número de fotossensores em São Luís é irrisória e defendem maior fiscalização através de equipamentos eletrônicos na campeã Fortaleza. O motorista de ônibus, Valdinor da Costa, 37, emprego em empresa de transporte que faz linha entre São Luís e Fortaleza é um deles.
    Em Maceió (AL), os nove equipamentos funcionaram até o ano passado. Foram desativados este ano. Com 100 equipamentos instalados,Sergipe não expediu nenhum multa de trânsito a partir das ifnormações recolhidas pelos fotossensores. 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!